CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Liberdade


Após aquele rompimento doloroso com Cristian, jurei que nunca mais iria me apaixonar. Nenhum garoto chamava minha atenção. Todos eram feios. Foi exatamente nessa época que mudei de escola. Meu pequeno e insignificante mundo desmoronou.

Os dias pareciam curtos, já as noites pareciam intermináveis. O vazio que estava em meu peito parecia ser inocupável. Não posso me queixar muito, fui bem recebida e, após alguns meses, já haviam duas pessoas queridas ao meu lado, Brenda e Fernanda, elas agora são minhas melhores amigas. Fernanda é uma adorável garota, tímida e retraída, ela conquista a todos com seu jeito doce de ser. Brenda possui um gênio forte, uma personalidade incrível. Ambas são talentosas e amorosas.

Brenda, um dia, perguntou-me:

- O que você acha daquele garoto? - ela apontou na sua direção.

Ele não era o garoto mais bonito da escola, mas não podia ser considerado o mais feio. Era de estatura mediana. Seu sorriso era meigo, quase infantil. Seus olhos eram profundos, de um castanho escuro, e emanavam divertimento. Apesar de parecer brincalhão, o rubor constante em seu rosto mostrava-me que era bem tímido.

- Não o conheço, mas, ele não é de se jogar fora. - respondi com sinceridade.

- Falei com ele ontem, - começou ela - perguntei o que ele achava de você. - pelo seu sorriso, lá vinha bomba.

- E o que ele disse? - ela conseguiu atiçar minha curiosidade.

- Só mandou um mais [+], que no caso, de nós todas, você é a mais bela. - ela riu.

- Interessante. - tentei reprimir o nervoso que já começava a me perseguir.

- Quer ficar com ele?

- Eu nem o conheço, Brenda você ficou...

- Acalme-se sua fiasquenta, nisso eu posso dar um jeito. - estava claro que ela já tinha um plano.

As provas trimestrais se aproximavam, combinei de estudar com Brenda na escola. Na época, Brenda namorava Eduardo. Eles, por uma estranha coincidência, também estavam na escola.

Saí diversas vezes da sala, afim de deixar Bre e Edu namorarem. Por fim, ela pediu para Edu chamar Gabriel. Quando ele entrou na sala, usando uma bermuda jeans e uma camiseta vermelha, a única coisa que queria fazer era sumir dali. Minha face, com certeza, estava da mesma cor da camiseta dele.

Lembro-me que, enquanto o casal 20 queria se curtir, o praguinha não os deixava em paz. E assim passaram-se umas duas horas. Na hora de irmos embora, eles foram conosco. Gabriel não encostou um dedo em mim, o que me fazia pensar que não aconteceria nada nesse dia.

Quando chegamos em uma esquina, onde eu iria com Bre para um lado e eles seguiriam para o lado contrário, esperamos para uma despedida.

Brenda e Edu logo se abraçaram, enquanto isso, me escorei na parede. Gabriel, essa praguinha, tentou enfiar um lápis na boca da Brenda. Nisso, eu segurei sua mão, não me arrependo de ter feito isso, ele sorriu para mim e andou na minha direção. Pude sentir meu coração parar de bater, não sabia o que fazer. Ele olhou nos meus olhos, fiquei completamente sem jeito. Ele passou uma mão pela minha cintura, colou seu corpo com o meu e selou nossos lábios.

No outro dia, pensei que ele nem me olharia. Para minha surpresa, ele veio me cumprimentar e beijou-me a face. O rubor percorreu-me novamente.

Os dias passaram e nada ocorreu, até o aniversário de Brenda chegar. Na festa, ele veio me tirar para dançar, e como sou medrosa, só dizia "depois". Pensei que ele iria desistir, o que não ocorreu.

As férias de aproximavam, iria viajar para a casa do meu avô. Com a promessa de esquecer Gabriel.

Até pensei que havia conseguido. Comecei a namorar com Everton.

Só percebi que havia me enganado no reinício das aulas. Bastou somente um olhar para mudar tudo. Já está muito mais que comprovado que olhar não significa nada. Cada vez que Gabriel me olha, sinto meu coração bater mais rápido.

Nos últimos meses, perdemos todo e qualquer contato. Ele disse à Brenda que não quer compromisso e eu também não quero, na verdade, não sei o que quero. Às vezes, nem sei quem sou. Tem dias que quero ele ao meu lado, poder abraçá-lo e beijá-lo, mas tem dias que não posso vê-lo. O peso da liberdade fala mais alto em mim. Esse peso ele também tem, o da sua liberdade.

Ele disse à Brenda que é livre, que ama a liberdade, a liberdade eterna. E isso me tirou do sério. Tomada pela raiva, fui até a casa dele. Ao abrir a porta, ele assustou-se ao me ver.

- Que surpresa. - anunciou ele.

- Não vou demorar. - prometi - Está sozinho?

- Sim. - respondeu.

- Que bom. - tirei meu casaco, ele ficou olhando, boquiaberto, para meu corpo. Vestia uma minissaia, um top preto e nada mais. Minhas pernas estavam a mostra e ele não tirava os olhos delas.

- O que você pensa sobre a liberdade Gabriel? - perguntei, enroscando-me nele.

- Para mim, liberdade é algo que ninguém me tira. - respondeu.

- Nem eu, que o amo tanto? - tentei manter minha calma.

- Nem você, eu não a amo, pensei que você já soubesse.

- Era o que eu precisava saber. - tirei o revólver da bolsa. Um único disparo. A dor de perder um amor. - Vá atrás de sua liberdade Gabriel, no inferno, onde é o seu lugar.

Saí para a escuridão da noite. Andei até o bar da esquina.

Assim que entrei, fui direto para o balcão.

- Traga-me uma bebida. - pedi - Quero brindar.

- Se não for me entrometer, a que quer brindar? - perguntou o garçom.

- A liberdade eterna. - sorri.

Agora estava feliz e liberta.

5 comentários:

anjo só disse...

é uma maravilha da natureza !

# נєѕѕ # disse...

Minha nossa! o.o
ushuahuahsa
eu ia eprgunta antes de quem era essa história pq não tem nome no fim, mas pelo "praguinha" e pela história já posso imaginar de quem seja!
uahsauhsauhuauasusah
como diria o Raul...
'Mu bom!"
uashuahuhuahua
Trágico, mas de uma realidade e frieza incrível ;B
beeijooo*

anjo só disse...

há jess sou do bem, achei linda a imagem da moça em cima da rocha e disse a frase, mas o personagem atirou logo no cara com nome de anjo, maldade.

boa semana pr vc e suas amigas !

# נєѕѕ # disse...

uahsuhauhsauh
não não, sem problemas!
eu tava mais era me referindo ao texto mesmo ;P
ushuahuhauhauhauh
também achei linda aiamgem!
;P

In My Life disse...

ahá, adorei!
Tá nos meus favoritos...